Translate

4 de maio de 2012

Evoluções na linguagem e interação

Estou muito feliz em poder postar evoluções do Lucas. Percebo a cada dia o seu crescimento e até hoje "Graças a Deus" somente progressos. Neste momento dos seus 4 aninhos, já está se comunicado com palavras, principalmente quando quer comer ou beber, fala tuuudo...rsrs Como melhorou o seu entendimento, também melhorou a sua interação. Está até brincando espontaneamente com a cachorra sem stress e a abraçando. Também nos busca com mis frequencia para brincar e é claro que sempre incluo a cachorra e ele já aceita. A escola/mediação e as terapias estão funcionando muito bem juntas, dando mais independência a sua vida diária. Hoje ele já come tranquilo e sozinho, até mesmo em restaurantes que antes era um problema mantê-lo quieto. Percebo a cada dia um amadurecimento. É claro que com o amadurecimento também vem comportamentos que temos que colocar limites, pois como ele está mais conectado, também está escolhendo mais as coisas que quer e com isso os "Nãos" viram motivo dele me enfrentar fazendo pirraça, jogando brinquedo e olhando para ver a minha reação e assim por diante. Enfim... Fazendo coisas que qualquer outra criança faz quando contrariada. Para reforçar o tratamento além do Syndion e a metilcobalamina, ele também está tomando o 'Speak", um Omega 3 em lançamento nos EUA que estimula a fala. Hoje entendo o que algumas pessoas já tinham me dito no passado " A felicidade está nas pequenas coisas". Eu tenho muito orgulho de ser a mãe do Lucas e de ter tido esta oportunidade maravilhosa de ser tão feliz ao seu lado. Obrigada Deus!

4 comentários:

Gina disse...

Seu filho é lindo. Amei seu blog e muito obrigada por compartilhar estas coisas com outras mães que precisamos disto. Ainda estou esperando o diagnóstico definitivo, mas meu filinho está com alguns traços, é muito difícil. Felizmente me encorajei muitíssimo com as cosas que encontrei no seu blog. Beijos.

Nise disse...

Parabéns pelo blog. É muito bom compartilhar pensamentos e sentimentos que nós mães de crianças autistas vivenciamos.
Fiquei curiosa em relação a medicação mencionada por vc - Speak. Foi o seu neuropediatra que indicou? Vc acha q foi significante no progresso da fala ou é fruto das terapias mesmo?
Desculpe-me as perguntas... meu filho fará 3 anos e noto q ele quer falar mas parece não conseguir ou estar acomodado. Penso assim por ele já ter falado algumas palavras anteriormente e agora resistir em repeti-las. Abçs e fiquem com Deus!

Iadira Guimarãesa disse...

Olá, amiga gostaria de saber desses 3 remedios ou substancias q vc fala, não tenho conhecimento. sou vó de um autista e estou procurando saber tudo sobre o assunto... meu email: iadira@uol.com.br
Gostaria de trocar informações.

Adriana disse...

Olá, eu também gostaria que vc me ajudasse a entender mais sobre essas medicações...se elas ajudam mesmo, se foi o neuropediatra quem receitou, se a fala melhorou depois do inicio do uso delas. Tb tenho um filhinho dentro do espectro e estou buscando tudo que puder para ajudá-lo. Ele tem 2 anos e 10 meses e fala algumas palavras soltas e repete bastante o que falamos...Meu e-mail é driribeiro@gmail.com.br
Obrigada, um abraço e fiquem com DEUS!

 
Desenvolvido por MeteoraDesign.Blogspot.com | Contato